Exercícios de revisão para o 2º ano do Ensino Médio

Atividades de múltipla escolha, indicadas para o 2º ano do Ensino Médio


TEMA: Crase, termos da oração, aposto e vocativo, uso da vírgula. 

Série indicada: anos iniciais do Ensino Fundamental; 6º ano.

Questões de múltipla escolha: sim.

Questões discursivas: não.

Prova pronta (pode ser utilizado como avaliação): sim.


(ESPM) QUESTÃO 1

Assinale o item em que o acento grave, indicador da crase, esteja usado incorretamente:

(A) O Brasil vinha obedecendo às taxas de crescimento próximas a míseros 3%.

(B) Não haverá um dia “D” à partir do qual o país estará pronto para crescer.

(C) Em meio à decepção, muitos economistas apontavam os empecilhos para o crescimento.

(D) As empresas brasileiras procuram adequar sua capacidade de produção à demanda esperada.


(FCMSC-SP) QUESTÃO 2

Observe as duas frases seguintes:

I – O proprietário da farmácia saiu.

II – O proprietário saiu da farmácia.


Sobre elas são feitas as seguintes considerações:


I – Na I, “da farmácia” é adjunto adnominal.

II – Na II, “da farmácia” é adjunto adverbial.

III – Ambas as frases têm exatamente o mesmo significado.

IV – Tanto em I como em II, “da farmácia” tem a mesma função sintática.


Destas quatro considerações:

(A) apenas uma é verdadeira.

(B) apenas duas são verdadeiras.

(C) três são verdadeiras.

(D) as quatro são verdadeiras.

(E) as quatro são falsas.


QUESTÃO 3

Páris, filho do rei de Troia, raptou Helena, mulher de um rei grego.   Isso provocou um sangrento conflito de dez anos, entre os séculos XIII e XII a.C.  Foi  o primeiro choque  entre o  ocidente  e o  oriente. Mas os gregos conseguiram enganar os troianos. Deixaram à porta de seus muros fortificados um imenso cavalo de madeira.  Os troianos, felizes com o presente, puseram-no para dentro.  À noite, os soldados gregos, que estavam escondidos no cavalo, saíram e abriram as portas da fortaleza para a invasão.  Daí surgiu a expressão “presente de grego”. 

DUARTE, Marcelo. O guia dos curiosos. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. 


No fragmento “puseram-no”, a forma pronominal “no” apresenta correta classificação sintática como:

(A) sujeito (B) objeto direto (C) objeto indireto (D) complemento nominal


(UFRJ-RJ) QUESTÃO 4

Leia os versos a seguir da música Asa branca e atente para os termos destacados.


I.

Entonce, eu disse: “Adeus, Rosinha,

Guarda contigo meu coração”.


II.

Eu te asseguro, num chore, não, viu!

Que eu voltarei, viu, meu coração.


Considerando a função sintática e o valor semântico dos termos destacados em I e II, é correto afirmar que:

(A) os termos, em I e II, são objeto direto, e ambos devem ser entendidos no sentido denotativo.

(B) o termo em I é sujeito e em II é aposto, e ambos devem ser entendidos no sentido denotativo.

(C) o termo em I é objeto direto e em II é sujeito, e ambos devem ser entendidos como uma metáfora.

(D) o termo em I é objeto direto e em II é vocativo, e ambos devem ser entendidos como uma metáfora.


QUESTÃO 5

Assinale a alternativa em que a vírgula separa vocativo.

(A) homens e mulheres, o planeta terra pede socorro.

(B) o planeta terra, em real ameaça, pede socorro a homens e mulheres.

(C) ele prefere natureza e eu, a comodidade da cidade.

(D) palavras, palavras, palavras, todas ditas em vão!


QUESTÃO 6

Em qual das opções NÃO encontramos um aposto?

(A) A Linguística, ciência das línguas humanas, permite-nos interpretar melhor nossa relação com o mundo.

(B) A vida é composta de muitas coisas: amor, arte e ação.

(C) Fantasias, suor e sonho, tudo isso forma o carnaval.

(D) Estavas, linda Inês, sossegando quieta...


Outros estão lendo neste momento

Plural por dentro?!

Um texto sem a letra A

Homônimos homófonos